A Autoridade Aeronáutica Civíl do Panamá voltou a prolongar por mais um mês a suspensão de voos comerciais internacionais de e para o seu território, até 21 de setembro.

Ficam excetuados voos humanitários e aqueles que transportem equipamento e material médico, bem como os voos previstos no Decreto Executivo nº 300 de 31 de julho da corrente, que cria um centro de operações controladas para a interconexão da aviação comercial em Tocumen, i.e., voos de escala autorizados (passageiros podem ficar em trânsito um máximo de seis horas).

  • Partilhe